aloj

Mako isn’t being unlikable but Korra is being so fucking stupid like did she seriously learn NOTHING from season one?

It’s like Bryke extracted all of Mako’s shittiness and threw it onto Korra.

More Jinora is always good though.

In fact why can’t this just be The Legend of Jinora.

That even sounds better

Criei uma porção de rimas pra te fazer sorrir. Em cada linha elas diziam, que tu foi feita pra mim. Transbordei todo o meu carinho, através de papeis que encontrara pelo caminho, e ao fim de cada rima pude perceber, que nem se o tempo passasse lentamente, eu seria capaz de esquecê-la, pois felizmente ou infelizmente, bom, não sei como lhe dizer, até porque não tem como saber o que futuramente poderá acontecer, mas eu sei que enquanto tu estiver comigo, poderei afirmar com toda certeza, você se alojou eternamente em meu coração.
—  zebukowski
E você resolveu transbordar nos meus pensamentos diários, surgiu com o esplendor de um anjo nos meus sonhos mais belos, até nas horas mais improváveis, e no meu coração se alojou. Veja só.
—  Bruno Rodrigues
youtube

ADOLESCENTE FIBROSIS QUISTICA HACE LLAMADO A BACHELET

Es inconcebible como los estados (latinoamericanos) no tienen legislaciones que permitan la aplicación de la Eutanasia, pero si legislen por otras tonterías que a los ojos de la sociedad no tendrían por que ser reguladas.

Particularmente he visto como la madre de un amigo muy cercano suplicaba le permitieran ya no vivir, al haber sufrido metástasis de un cáncer en los huesos que le llegó al cerebro. Más recientemente una vecina, cuyo tumor cancerígeno se alojó en un área inoperable y el ISSSTE simplemente dijo: es inoperable y ya no hay nada que hacer. Los dolores sufridos por ella a pesar de los parches de morfina institucionales no le eran suficientes para disipar el dolor.

Así que, las legislaciones no permiten dejarte morir, pero los recursos del sector salud tampoco permiten a arriesgarse en tratamientos aunque sea paliativos.

little-eyes-coffe asked:

Pues yo siempre e querido ir a México c: jaonfnsodnf que cosa mas peshosha. Algún día iré y me tendrás que convidar alojó jaodnfo te invitada jsodnfo pero si tu vienes a Chile yo te considere alojó ●﹏● Bueno para eso tienes que venir a Osorno... ♡

Ay no sé donde chucha está pero si iría, sólo que soy pobre y de familia numerosa ;-; si vienes a Baja California Sur te doy alojo :33 pero trae un abanico de mano bc hace muuuuuuuuuuuucho calor

“A chuva lá fora foi brincadeira comparada à tempestade que se alojou em mim desde que você foi embora.”

—   Cogito ergo não sum

CHEPE1 on Flickr.

BARRANCAS DEL COBRE te dice. Si quiere disfrutar de la auténtica grandeza de esta agreste tierra salvaje, aproveche las paradas que tiene durante su recorrido el tren CHEPE. Desde la estación de Creel, a 2.225 metros de altura, podrá sumergirse en el corazón de la región, ya sea un viaje de senderismo organizado o alojándose en el refugio Copper Canyon Sierra, donde podrá contratar a guías nativos. www.chihuahua.gob.mx/turismoweb

De uma coisa eu sei. Gosto de pessoas que me trazem paz. Um pouquinho de transtorno já me fazia desistir, odeio sentimentos ruins, odeio que simplesmente algumas pessoas me façam não querer sair da cama, me façam ter de fingir sorrisos, sendo que ninguém é feliz o tempo todo, gosto de ficar a vontade. Mas com você não foi assim. Você chegou, se alojou e me fez moradia de sentimentos. Cada canto uma angústia, cada quarto uma sensação. Respirava amor, vomitava medo. Tentei me afastar, tentei realmente não falar com você e isso me afetava como uma droga, tinha crises de abstinência. Achei que não aguentaria. E você foi embora, trocou de moradia, pra uma mais estruturada. Hoje eu sei que foi amor. Você nunca me trouxe paz garota, você me trouxe algo muito além disso.
—  Sol-de-maio

Mas sendo sincera, eu realmente não sei nem ao menos quem sou. Me perdi em alguma parte dessa caminhada e não estou disposta a voltar e procurar, provavelmente me perderia novamente, tomaria decisões irrelevantes e desistiria outra vez, por que talvez eu não devesse me procurar e sim me acoplar a esse novo eu, que bate a porta. Perdi muito tempo, me importando com o que os outros dizem, com o que fazem e me mandam fazer. Cansaço, já não define meu estado mental e corporal, é algo mais forte, possivelmente uma queda infinita, um poço fundo que se alojou dentro do meu peito e deixou tudo escuro e sem graça. Querer que tudo se exploda, que todos vão se danar com suas lições de moral e seus ideais de vida, pode ser um erro, mas eu realmente preciso viver pra mim e para mais ninguém. 

-poetisa-em-desespero

Naquela semana de desentendimentos e vários “não vamos mais nos ver até ver a onde isso chegará” ou até mesmo “não fala mais comigo”, poderia afirmar com toda a certeza que eu ainda teria esperanças sobre toda aquela amargura que se alojou no lado esquerdo do teu peito. Eu ainda poderia esperar uma década até os pratos serem lavados, até sermos maduros o suficiente para conseguir, enfim, continuar a longa jornada que havíamos construído com cada força, com todo aquela coisa de amor e com todo o respeito de seres humanos normais. Pois bem, tudo foi por água abaixo. Eu não pude acreditar que tudo aquilo havia se perdido por um deslize inútil de uma pessoa que nem se quer sabia o que queria. E eu ainda te esperei, sentei naquela mesma poltrona que enfeitamos com retalhos de tecidos coloridos e ali os meus olhos ainda tinham o mesmo brilho e as famosas cócegas que as borboletinhas faziam na boca do estômago. Mal sabia que eu teria vontade de arrancar a asa de cada uma, vendo-as ali, tão lindas como você um dia foi para mim. Eu manti a inocência, a essência, e muitas vezes a ausência da minha alma em determinados lugares. Sabe como é, as pessoas cegam nosso próprio coração e julgamos enxergar apenas o essencial dos mesmos, e muitas vezes esse “essencial” é nada mais do que queremos observar e não aquilo que realmente é. Ás vezes eu pensava que isso nunca iria acontecer comigo, confesso. Confesso também que em muitas horas eu desejei bater na porta da tua casa e te abraçar forte para os pedaços de meu coração se juntar com o teu, era o que eu mais queria, já que havia semanas que não nos víamos. Ou melhor, que nos conhecíamos melhor do que qualquer pessoa e mesmo assim deixamos o desconhecido tomar conta da aparência cansada por esperar algo tardio. Mas eu me mantive lá, firme e forte. E nem foi por você, foi por saber que era exatamente aquilo que eu queria em minha mísera vidinha. Mas o inesperado aconteceu.
—  rdgs
Não adianta tentar tirar da cabeça quem se alojou no coração. Não adianta fingir que não sente na tentativa de passar a não sentir. E quer saber? Te amo. Te amo de um jeito que eu tento explicar e não sei. Palavra fica presa. Engasgo, afogo e uso palavras pela metade. Na hora H sempre falta uma vogal. Mas quer, de novo, saber? Meu coração nunca foi pela metade: sempre foi-inteirinho-seu.

Ele pra mim é aquela pessoa que me deixa mais forte e mais fraca ao mesmo tempo. É aquele que me faz chorar e rir no mesmo instante. É aquele que nunca saiu da minha vida mesmo em outras cidades e até mesmo em outros países. É aquele que eu daria tudo pra ver. É aquele que se alojou eternamente no meu peito.

E hoje é 25.. Para alguns pode ser só uma data normal e talvez nem faça muito diferença mas… Caramba… Dia 25 deveria ser feriado.. Dia 25/05 eu descobri o sorriso mais encantador do universo, o toque mais meigo e carinhoso de toda a minha vida, eu pude sentir aquelas malditas borboletas no estômago que todos falavam e eu achava pura bobeira. Foi o que aconteceu.. O amor me pegou de surpresa e fez favor de só crescer dentro no meu peito e ele simplesmente sem pedir licença se alojou aqui dentro e eu vou lutar por essa história.. Não vai ser o fim.

"Intercambio de Amistad"

En la asamblea del Jueves 19 de Febrero contamos con la presencia de nuestra amiga rotaria Blanca Estela Concha Galeazzi. Blanca nos platico un poco mas de lo que es el Intercambio de la Amistad . 



El Intercambio Rotario de Amistad es un programa de intercambio internacional para rotarios y sus familias que les brinda la oportunidad de entrar en contacto directo con otras culturas alojándose en hogares rotarios durante sus visitas a otros países.



Además de brindar a los participantes la singular oportunidad de conocer otras culturas y forjar amistades perdurables, es vehículo que conduce a la implementación de otras actividades y proyectos de servicio internacionales.

Los intercambios pueden realizarse en cualquier época del año, siempre que los clubes y distritos participantes estén de acuerdo. Las visitas deben ser recíprocas. La visita de reciprocidad puede realizarse durante el mismo año rotario que la primera o al año siguiente. Los gastos personales y de transporte de los huéspedes deben correr por su cuenta. Los rotarios anfitriones proporcionan alojamiento, comidas y actividades turísticas. 


El derecho de modificar estas condiciones corresponde exclusivamente a las familias anfitrionas. Los visitantes no deben esperar ni solicitar modificaciones.





Los intercambios son experiencias inolvidables en donde no solo aprendes mas de la cultura al lugar al que vas a visitar, si no que a su vez ganas amigos rotarios para toda la vida .! 


  • …La proxima vez que viaje, sera con mis colegas rotarios ! …