529- Cato era fã de "clássicos" antigos. Adorava mexer nas coisas de seu pai e achar os CDs. Até que achou um em particular. Não viu nada demais na letra- até que estava na arena. E foi então que cantarolou bem baixinho. "Nossa, Carreirista... Assim você me mata. Ai, se eu te Cato, ai ai, se eu te Cato." Clove olhou para o garoto sem entender por um segundo. Então entrou na brincadeira. "Sou a Clove-girl se você quer ser meu... Aliado! Fica ligado, presta atenção, na minha condição, é diferente, vou ser sobrevivente!"