a:vsp

Como se estivesse sofrendo, como se estivesse se afogando em um mar de angustias sem fim. Como se a vida não passasse disso. Hora de acordar, nem tudo é como nós queremos, a vida tem altos e baixos, basta você encara-los, enfrentar e prosseguir.
—  Victoria SP.

Quero ser tua. Quero sexo toda a noite. Quero um casamento lindo. Quero dois filhos. Quero poder chegar em casa e ouvir as crianças gritando “olha a mamãe chegou” e correndo virem me abraçar. Quero poder deitar ao teu lado e olhar você pegar num sono. Quero poder te beijar enquanto ler. Quero assistir televisão contigo de madrugada. Quero cuidar dos nossos filhos juntos. Quero te ver indo se arrumar para o trabalho. Quero sair contigo durante a noite para aqueles restaurantes chiques, tomar um bom vinho e aproveitar a noite só com você. Quero poder te encarar para você ficar sem graça e depois rir, dizendo que você é lindo. Quero viver o resto da minha vida contigo. Quero juras de amor. E ai sim, eu serei essa mulher realizada, mas só se for contigo, porque se for com outro alguém não será o mesmo. — Danielle M. (verdades-sao-precisas)

Quem sabe um dia desses a gente se encontra em uma esquina qualquer, trocamos palavras, perguntamos sobre como anda a vida de ambos, se estamos no trabalho dos sonhos, ou se ainda frequentamos aquele restaurante. Trocamos os celulares e relembramos os tempos da adolescência. Quem sabe um dia desses combinamos de ir aquele parque que você gostava antigamente, compraríamos ingressos para montanha-russa e você seguraria minha mão quando ela descesse violentamente, apenas para acalmar meu pânico agudo. Quem sabe fossemos ao cinema assistir aquele filme que acabou de lançar, sabemos de cor, se lembra que lemos o livro mais de 7 vezes na disputa de quem lia mais? Quem sabe você não me liga pedindo ajuda pra um trabalho da faculdade, sempre te ajudei nos da escola, por que não ajudaria nesse não é. Sempre fui a mais esperta, você sabe disso. Poderíamos ir ao parque e deitar na grama, apenas para ver as formas das nuvens como nos velhos tempos, só que fazíamos isso no quintal da tua casa. Se quisesse faríamos um pique-nique também; levaria aqueles bolinhos de baunilha com chocolate que você se lambuzava todo comendo -como naquela foto. Poderíamos fazer uma festinha e convidar alguns velhos amigos, pizza de 5 queijos e fanta na janta se lembra? Depois faríamos guerrinhas de meia e choraríamos de tanto rir com meu jeito atrapalhado. Filme de comédia no fim da noite, sempre tive medo de terror, até daquele mais barato onde tudo acontecia com luzes acesas, lembro que você tirava sarro por causa disso(…)Por que não volta tudo? Poderíamos nos trombar naquele restaurante quem sabe…