Leitura diária: A visão do cristão.

“Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno.” (2 Coríntios 4:18)

O nosso foco diz muito sobre quem somos. Mas o foco do cristão não pode se dar de forma comum. O que seria fixar os olhos naquilo que não se vê? Fazer uso da fé. Ter fé não é fugir da realidade, não se trata de algo surreal. A fé é a certeza do cumprimento daquilo que almejamos, ou seja, a fé é a certeza daquilo que ainda não aconteceu.

O conceito de fé é fácil, difícil é a sua prática. Se realmente fixamos os nossos olhos naquilo que não se vê, porque nos distraímos em meio aos problemas? Por que perdemos tanto tempo naquilo que é temporário? Paulo, inspirado pelo Espírito Santo nos ensinou que a dor (”aquilo que se vê”), não pode se comparar com a alegria que virá (aquilo que não se vê). A dor é temporária, e a alegria que virá é tão grande que aquela dor poderá até mesmo cair no esquecimento.

Repare que a resposta desse versículo se encontra na segunda parte dele, logo após o “pois”. Aquilo que não vemos está relacionado com as coisas do Reino, que são eternas. Aquilo que vemos está relacionado com as coisas desse mundo, que são temporárias. Isso significa que não podemos olhar para as outras coisas? Não! Olhar é uma coisa, fixar o olhar é outra. Devemos observar tudo o que está à nossa vista, mas o nosso foco não pode se limitar ao óbvio, ao visível.

É essa a visão que Jesus quer de nós. Ele tem coisas grandiosas guardadas para nos revelar, mas o que nos impede é não sabermos como direcionar o nosso olhar. Queremos algo novo, algo diferente, mas não mudamos o foco do nosso olhar. E há dois caminhos para atingir esse alvo: pedir ao Senhor que Ele abra os nosso olhos espirituais e buscar as coisas Dele. Sendo assim, aquilo que se vê pode até nos entristecer, mas não poderá nos parar. Pode nos desgastar, mas receberemos o renovo. A aflição é pequena e passageira, comparada com o alívio que receberemos, que é enorme e eterno. (2 Coríntios 4:16,17)

“Para atravessar o mar, coloque o pé na água. Pra chegar ao outro lado você precisa acreditar. Deus quer abrir o mar pra você. Mas antes, você precisa crer.” (Laura Morena)