Wenn euch etwas an meinem Blog stört, entfolgt mir oder folgt mir erst gar nicht. Ich blogge nicht für euch, sondern für mich. Also wenn ihr ein Problem mit mir oder meinem Blog habt, dann schreibt mir erst gar nicht, da es mich sowieso nicht interessiert, was ihr schreibt. Ich bin dankbar für jeden Fehler, den man mir zeigt, solange dies höflich passiert.
4

It’s Bigger Than Blue Ivy

As someone who was raised on Just For Me (for none black folx thats a type of perm targeted at young black girls), It has been a process that will forever be continuing, to love my hair and deconstruct white standards of beauty.  This is why it’s bigger than just Blue Ivy, this is about anti-black-womanness.

For the first time in a long while both black women and little girls are feeling empowered enough wear their hair as is and put away the creamy crack. With Solange Knowles being one of the first major black celebs to make the intentionality and reasons publicly known behind why she was no longer perming her hair, you would think it would come to no surprise that her niece would then follow suit.  


But we’re talking about Blue Ivy though, and her mom just happens to be Beyonce, and for both blacks and non blacks she represents the epitome of what black beauty is supposed to look like. Long flowing blonde hair, curvy in all the right places, light colored eyes, and light skin, she’s the black Barbie doll.  This incredibly white supremacist standard of beauty, is one that not even her daughter can hold up to.

See it’s a double edge sword, and like most things for black people in this country you’re damned if you do and damned if you don’t. If Beyonce were to begin wearing her hair natural and leave the wigs and weaves alone, she would be faced with the same backlash as her daughter because she will no longer be easily digestible for white Americans. On the other hand, if Beyonce didn’t assimilate so well into white standards of beauty we wouldn’t be sitting here talking about her daughters hair.

The issue here isn’t that Beyonce doesn’t wear her hair natural; the issue here, and always is White Supremacy and Anti-blackness. We are all forced into assimilation by some way or another in this society. Black women’s hair whether we wear it natural or in weaves will never be good enough, our bodies will never be the right body type, our voices and words will never carry the right tone – we will never be white, and for that we will never be the right.

The reality is, white supremacy depends on the insecurity and destruction of black women.

Unfortunately for white supremacy, we are indestructible.

There is trash and then there is scum and then there is Matthew Knowles. I know people are gonna run w/ this man’s story bc he’s related to Bey (despite the fact that they’re barely close anymore). This man stole from his daughter, had his artists blacklisted from radio bc of his shady ways, was exposed as a fraud by artists he used to manage & cheated on his wife and tore his family apart. Why would you slander your own daughter that way? Because she fired you? You mean to tell me Solange kicked and screamed up in that elevator to help boost sales for an album that didn’t even appear on the charts despite a “200% increase” or to “increase ticket sales” for a tour that was already selling amazingly well despite the fact that Forbes disproved the theory? I hate that man and I hope he gets hit by a bus.

image

Mathew Knowles says Solange vs. Jay-Z was a stunt for On The Run publicity.

Oh.  Shit.  He did not just…..

image

Rule #1: Don’t throw your kids under the bus when you’re a lech who walked out on the family.
Rule #2: Don’t cross Beyonce.

I hope Mathew has a good relationship with his deity of choice because he might be bout to meet him soon once the Beyhive gets buzzed up about this radio interview.

Read More

-Capitulo 30-

Thais e Mayra:Boa noite!

Sol:Thais pequena.(a abraçando)

Thais:Oi tia,essa aqui é a Mayra.

May:pazer dona Solange!(sorrindo)

Sol:Prazer em conhece-la minha filha,Vanessa fala muito de você.(a abraçando)

Travei na porta e só conseguia encarar aquela senhora,eu fiquei muito sem graça em estar frente a frente a minha…sogra? sim,logo Mayra percebendo a minha lentidão me deu um cutucão.

Clara:Ah…boa noite senhora.(sorrindo)

Sol:E você deve ser…

Van:Clara…(lhe dando um selinho e segurando em sua mão)

Queria um buraco para me jogar quando Vanessa fez aquilo afinal estávamos na frente da mãe dela,mas diferente dos meus pais dona Solange parecia ter preconceito em relação a isso,pois foi só ela ver meu desconforto que tratou logo de sorrir para mim.

Sol:Bom vamos entrar…

Entramos e fomos jantar,o clima estava ótimo dona Solange era super animada e implicava assim como eu com o jeito de Vanessa comer,Mayra e Thais pareciam cão e gato pra variar né?

Sol:Meu bebê mastiga devagar.

Van:Mãe…(incrédula)

Sol:Que foi filha?não precisa ter vergonha.

Thais:É bebê não precisa…(rindo)

Van:Vai se foder Thais.(sem graça)

Sol:Vanessa Mesquita,quer apanhar na frente de todo mundo?ai sim vai ter motivos para ter vergonha.(séria)

Eu estava me divertindo muito vendo a forma como Vanessa e a mãe se tratavam,chegou a bater até uma tristeza vendo aquela cena,eu nunca nem ouvi minha mãe dizendo que iria me bater e acreditem eu gostaria.

Sol:Perdoe-me querida,ela foi bem educada eu só não sei o que aconteceu.

Clara:Tudo bem dona Solange já me acostumei…(rindo)

May:É dona Solange foram feito uma pra outra então,Clara não é lá um poço de educação também.

Clara:Mayra…(corando)

Sol:Então minha querida Vanessa comentou comigo que você tem um filho.

Clara:Sim tenho,um menino.(receosa)

Sol:Quantos aninhos?

Clara:Um aninho,meu bebê.( com os olhos brilhando)

Sol:E porque não trouxe-o? eu ia adora conhece-lo.(sorrindo)

Nessa hora a tensão tomou conta de mim novamente,Vanessa pelo jeito não havia contado para a mãe sobre Fabian e isso me deixou um pouco nervosa,mas ao contrário do que eu pensava dona Solange reagiu super tranquila quando lhe contei o que houve.

Sol:Que crueldade,como uma pessoa pode ter a coragem de tirar um bebê dos braços da mãe.(balançando a cabeça)

Clara:Pois é…(triste)

Van:Er vamos mudar de assunto.(percebendo como Clara ficou)
Sol:Não fique triste minha querida,logo estará com seu bebê,(Sorrindo sincera)

A noite seguiu tranquila terminamos o jantar e fomos para a sala conversamos bastante,dona Solange me contava como era vanessa quando criança e me mostrava algumas fotos,fazendo a mesma ficar irritada hahaha

May:Bom loira acho melhor a gente ir.(olhando para o relógio)

Clara:É verdade tá tarde.(fazendo carinho em Vanessa)

Van:Dorme aqui…(lhe dando um beijo no pescoço)

Thais:Quanto grude..(revirando os olhos)

Clara:Não posso amanhã tem o evento.

Van:E dai,é bom que amanhã vamos juntas.

Clara:Preciso realmente dormir…(sorrindo)

May:Sim e conhecendo vocês,dormir é a última coisa que vão fazer.

Clara:Mayra…(espantada)

Sol:Fique tranquila minha filha,sou velha mas não sou burra.

Cadê o buraco pelo amor de Deus?

Van:Fica vai…(a abraçando)

Sol:Porque não dorme todas aqui gente?

Thais:Não tia vou pra casa.

Van:Tá quase dormindo ai no sofá e quer ir pra casa.(rindo)

Sol:Thais e Mayra ficam no meu quarto,e Clara fica no quarto com Vanessa.

Thais:E você tia?

Sol:Vou pra casa da tia de Vanessa…

Mayra:Não queremos incomodar a senhora dona Sol.

Sol:Não é incomodo,minha irmã mora aqui do lado.(sorrindo)

Van:então vai ficar,prometo que me comporto!(sorrindo)

Clara:Tá…(revirando os olhos)

E assim fizemos Mayra e Thais foram dormir no quarto de dona Solange,a contra-gosto e eu e Vanessa fomo para seu quarto,trocamos alguns amasso mas não passou disso,afinal acordaríamos muito cedo no dia seguinte…e o dia prometia.

Van:Bom dia bela adormecida!(beijando seu rosto)

Clara:Que horas são?(de olhos fechados)

Van:9:00…vamos que temos muita coisa pra fazer.

Clara:Já tomou banho?(sentindo o cheiro de sabonete)

Van:Já sim…acordei mais cedo.

Clara:E não me esperou pra tomar com você porque?(fazendo careta)

Van:Porque eu sei o que acontece quando tomamos banho juntas.(rindo)

(Na cozinha)

Sol:Bom dia meninas.(sorrindo)

Thais:Bom dia tia.(lhe dando um beijo)

May:Bom dia dona Sol.

Sol:dormiram bem?

May:eu dormi,tirando o fato da Thais roncar e…

Thais:Cala boca Mayra eu não ronco,já você fala enquanto dorme.(¬¬)

May:Falo nada,eu tava bem acordada enquanto dizia o quanto você ronca.

Sol:Olha…quem muito briga casa.(rindo)

Thais:Nunca tia,com essa aqui?nem que me pagasse..

May:Você teria sorte se alguém como eu olhasse pra você,não tem nem tamanho mano.

Thais:Não olha…mas já me beijou duas vezes.

May:vai se ferrar Thais.(irritada)

Clara:Eita que hoje começaram cedo.(rindo)

Van:vocês não cansam?(dando um tapa em Thais)

Sol:Bom dia Clara,dormiu bem?(sorrindo)

Clara:Bom dia dona Sol,dormi sim,obrigada.(sorrindo)

Van:Bom dia pra senhora também dona Solange.(sentando)

Sol:Bom dia meu bebê.

Van:Mãe…(revirando os olhos)

Todas riram…

Tomamos café e nos despedimos de dona Solange,prometi a ela voltar mais vezes e quando puder levar Max para conhece-la,seguimos direto para o local do evento e iniciamos o trabalho de “produção”.

Van:Olha só,quebraram um dedo do Slash.(inconformada)

Clara:Hahahaha Amor é só colar…

Van:Amor é? (sorrindo)

Clara:Eu disse isso?(sem graça)

Van:Disse…eu adorei.(sorrindo)

Já ia dar 18:00 quando terminamos tudo estava perfeito,Van estava orgulhosa de si e eu dela afinal acompanhei toda dedicação que a mesma teve para essa realização.

Van:Enfim terminamos.(sorrindo)

Clara:Siim,agora vamos nos arrumar pra vim.(sorrindo)

Van:A gente vai vir?(confusa)

Clara:Sim é um evento de um amigo meu e ele quer minha presença.

Van:E porque não avisou viada?

Clara:Porque eu já tinha te falado antes.

Van:Eu não lembro.(rindo)

Clara:Claro você fica me agarrando enquanto falo com você.(semicerrando os olhos)

Van:Vai dizer que não gosta.(pegando em sua cintura)
Clara:Eu amo.(selando seus lábios)

(Van narrando)

Fomos para casa de Clara nos arrumar,depois claro de fazer o que ela apelidou de “amor gostosinho”,demoramos mais de 2 horas para ficarmos pronta,enfim ela saiu e quase caio pra trás.

Clara:Quer um babador?(rindo)

Van:Não…eu quero arrancar isso de você.(a abraçando por trás)

Clara:nem começa Vanessa…e você também tá uma tentação.

Van:Já to até vendo os olhares dos machos…e das machas.(u.u)

Clara:Só se for pra você né?olha esse vestido,se abaixar mostra até o útero.(semicerrando os olhos)

Van:Mas eu coloquei especialmente pra você.(sorrindo safado)

Clara:Pra mim…mas aposto que a torcida do flamengo irá olhar.(¬¬)

Van:Hahaha isso é ciumes amor?

Clara:Sim é,o que você quer que eu faça?

Van:Me dê um beijinho.(a abraçando)

(Clara narrando)
E mais uma vez a coisa esquentou mas decidi dar uma pausa naquilo porque se depender da vanessa a gente faz sexo toda hora.
Chegamos no evento e logo fomos recepcionados por Edu.

Edu:Mano,que saudade.(a abraçando)

Clara:Eu também seu puto hahaha

Edu:Então quem é a moça?

Clara:A sim,Edu essa é a Vanessa minha…namorada.

Edu:Até que enfim,já estava na hora,depois daquela achei que nunca mais,olá Vanessa.

Van:Oi.(sorrindo)

Edu:Bom divirtam-se ai que eu já volto.

Fiquei um pouco tensa quando Edu disse aquilo,mas fiz de tudo para Van não perceber,entramos e fomos beber e claro namorar né?

May:Credo mas vocês duas não cansam.(revirando os olhos)

Clara:Não,e porque você não arruma uma namorada também e deixa de ser chata.

May:Porque Vanessa está comprometida com outra.(rindo)

Clara:Vai se foder Mayra.(revirando os olhos)

Van:Pelo menos meu nome ela acertou hahaha

Clara:Van vou no banheiro.(lhe dando um selinho)

Van:Te espero aqui!(sorrindo)

(Van narrando)
Ela saiu e foi em direção ao banheiro,fiquei ali conversando com Mayra quando alguém parou em nossa frente,não prestei muita atenção,só me dei conta quando vi Mayra ficar pálida e eu não entendi o porque,mas quando me virei para olhar quem era…

Van:Pepa?(surpresa)

Pepa:Oi Van…vejo que você não andou seguindo meus conselhos.(encarando Mayra)

May:P-Patricia,o que você tá fazendo aqui?(assustada)

Pepa:Visitando meu país e…(parou e observou Clara se aproximar)

Clara:Nossa aquele banheiro tav…

Van:Tá tudo bem Clara?(confusa)

Pepa:Olha só como esse mundo é pequeno.(sorrindo irônico)

Clara:O que você está fazendo aqui?(gaguejando)

Pepa:Está com medo?não vou te fazer nada,aliás se eu quisesse fazer isso…tinha feito na França,não que eu não tenha vontade..(séria)

Van:Mas o que tá acontecendo aqui?Pepa porque tá falando isso pra ela.(se irritando)

May:Gente vamos sair daqui,deixa essa louca ai.(se levantando)

Clara:Vem Van.(pegando em sua mão)

Pepa:Vejo que as coisas passaram do “profissional”(fazendo aspas com a mão)

Van:Sim,Clara é minha namorada,e não vou admitir que você fale assim com ela.(irritada)

Pepa:Que dó de você Vanessa,você não merece isso,você devia ter vergonha depois do que você fez.(encarando Clara)

Clara:Cala boca,você sabe como aconteceu…(irritada)

Pepa:Sei? infelizmente não tenho como provar porque se tivesse…você já estaria atrás das grades.(esbravejou)

Eu não estava entendendo nada,só sei que Pepa estava desrespeitando Clara e isso estava me irritando,mas antes que eu pudesse tomar qualquer atitude clara chegou no seu limite e avançou em Pepa.

A segurei e Mayra fez o mesmo com Pepa,que começou a dizer coisas desconexas,Edu também chegou para ajudar a separar,aliás todos no local olhavam pra onde estávamos.

Edu:Clara que isso cara?quem é essa mulher?(assustado)

May:É uma louca,tira ela daqui Eduardo…(gritando)

Pepa:Você não sabe com quem está se envolvendo Vanessa,essa mulher não presta.

Van:CALA BOCA PATRICIA,ESSA MULHER É A MINHA NAMORADA,E NÃO VOU ADMITIR QUE VOCÊ FALE COM ELA ASSIM.(irritada)

Clara:Van deixa ela,vamos sair daqui…

Pepa:Pergunta então pra sua namorada Vanessa…como foi que ela matou a Letícia.

Aquelas palavras entraram como agulhas na minha cabeça,Clara parecia ter parado no tempo e olhava fixamente em mim,”matou?”Edu pediu que os seguranças retirassem Pepa dali,Clara deu inicio a um choro compulsivo e Mayra logo levou a gente a um local mais calmo.

May:Vou deixar vocês a sós.

apenas assenti

Van:Hei pequena,tá tudo bem.(lhe abraçando)

Clara:Eu não…eu não fiz isso Van.(chorando)

Van:Fica calma.

Depois de alguns minutos Clara já estava mais calma,porém evitava me olhar nos olhos ficamos em silêncio e antes que eu pudesse dizer algo ela começou a falar,com um olhar perdido.

Clara:Eu não matei ninguém,foi um acidente.(encarando o nada)

Van:Hei não precisa explicar.(pegando em sua mão)

Clara:Eu quero.(olhando em seus olhos)

Van:….(Apenas assenti)

Clara:(respirou fundo) Tudo começou quando…

                                    ==Twitter:Torcida_amada==

De Homem-Christo says he hasn’t really heard enough of Skrillex’s music, or any other kind of contemporary dance music, to say—he still mostly listens to Zeppelin, the Beatles, classic rock. He points to the speakers overhead. A Solange song, “Losing You”—bright, bounding, primary-colored pop music—is playing.

"That’s good," he says.

—  "Daft Punk Is (Finally!) Playing at Our House", Zach Baron, GQ Magazine, May 2013

anonymous said:

who's your fave artist(music wise)

I don’t have an absolute fav but my top 5 albums are: Chronicles of Life and Death (Good Charlotte), the dual album of Mezmerize and Hypnotize (System of a Down), Only By the Night (Kings of Leon), True (Solange) and Transatlanticism (Death Cab for Cutie)

Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video