Mas nunca abra a boca pra falar que eu não lutei por você. Você não tem esse direito, essa razão. Todas as vezes que pedi pra você não sair do msn depois de uma briga, eu te pedi pra ficar. Mesmo que ficasse aquele silêncio torturante de ambas as partes, eu te pedia pra ficar. Todas as vezes que pedi pra você me ligar e ficava ouvindo sua respiração e chorando baixinho, eu te pedi pra ficar. Aquela vez que você estava chorando por ter brigado com alguma amiguinha sua e eu estive ao seu lado, dizendo que não ia te deixar, que tudo iria ficar bem. Todas as vezes que eu disse que te amava diante de um: “Eu vou embora” seu. Todas as vezes que você foi infantil e disse que nada daria certo entre nós dois e eu disse que nós dois já demos certo desde o começo. Todas as vezes que eu não disse nada, eu te pedi pra ficar. Todas as vezes que disse que tinha medo de te perder. Todas as vezes que eu fui grossa, estúpida e fria por ciúmes de você, por medo de te perder. Todas as vezes que eu não quis atender o seu telefonema porque estava com raiva, só te queria ali, me mandando uma mensagem e dizendo que queria ouvir minha voz. Eu te pedi pra ficar diversas vezes, de diversas maneiras. Só você não viu.
—  Brenda G.
Text
Photo
Quote
Link
Chat
Audio
Video